Sem categoria

Bruxismo. A Reabilitação Oral trata este problema

Bruxismo é uma condição bastante frequente que, além de incomodar, pode causar graves prejuízos à saúde. Saiba tudo sobre ele:

O que é o bruxismo?

É o ranger ou o apertar dos dentes durante o sono (quando acontece de dia, recebe o nome de briquismo).

Tipos

Para início de conversa, existem dois tipos de bruxismo: um é crônico – ocorre sempre – e outro esporádico – acontece quando a pessoa passa por momentos de tensão e estresse.

Causas

Fato é, em nosso mundo com mil exigências, quem não passa por estresse, nem que seja por períodos de tempo, não é mesmo? Por isso, o bruxismo está cada vez mais frequente.

Nosso corpo produz hormônios que devem ser gastos. Por exemplo: levamos uma fechada de carro e a adrenalina fica a mil. Quando não a dispensamos, ela fica acumulada no organismo. Então, às vezes, à noite a pessoa range os dentes para gastar este hormônio e compensar seu organismo. Ela está tão tensa e inconsciente sobre seu estado que, muitas vezes, nem se dá conta disso.

Sinais e sintomas

Por vezes, o paciente range os dentes de tal forma que dormir ao seu lado se torna uma tarefa praticamente impossível.

E para quem sofre deste mal, dores de cabeça são bastante comuns e o sono nunca é reparador; ao contrário, acorda-se bastante cansado.

Prejuízos

Mudanças nos dentes

Os mais prejudicados com o bruxismo são os dentes posteriores. Sempre digo aos pacientes que o dente deve ter pontinhas para quebrar as fibras dos alimentos durante a mastigação. Ou seja, o alimento deve ser triturado e não amassado. Só assim a digestão ocorre de maneira equilibrada.

Quando a pessoa tem o bruxismo, no entanto, os dentes ficam retos. Neste caso, a pessoa está amassando o alimento e não o triturando como se deve.

Falta de nutrientes

Por vezes, a pessoa vai ao médico com fraqueza e se detecta a falta de vitaminas ou minerais já que, devido ao bruxismo e à mastigação incorreta, não consegue absorver direito os componentes dos alimentos. Percebe como um problema leva ao outro?

Envelhecimento

O que o corre também é que os ossos da cabeça vão se retraindo mais do que o natural e, com o passar dos anos, a pessoa aparenta ser muito mais velha do que realmente é. Por que acelerar os efeitos do envelhecimento se podemos procurar ajuda?

Tratamentos para o bruxismo

O ideal é procurar um profissional para investigar as causas do bruxismo e laçar mão do melhor tratamento.

Esporádico

Se a condição for esporádica, causada pelo estresse, a prática de atividades físicas ou mesmo Yoga e meditação são indicadas. Além disso, vale sempre procurar levar uma vida equilibrada, entre atividades de trabalho e lazer.

Crônico

Porém, se o bruxismo for crônico, é possível que a situação seja tal que o organismo tente reorganizar a mastigação, em uma atitude de autodefesa, causando a oclusão e piorando o problema.

A partir do diagnóstico correto, pode-se optar por um aparelho ortodôntico, mesmo que muitas vezes os dentes pareçam estar certinhos.

Placa vale a pena?

Por fim, gostaria de falar sobre aquela famosa placa para dormir. Todos comentam e muitos pacientes solicitam achando que é a solução para todos os males. Pois saiba que ela é apenas um paliativo para períodos curtos de tempo. Você vai ficar a vida inteira usando a placa? Não recomendo de forma alguma.

O que o dentista tem de tratar é a causa do problema. A placa é para ser usada emergencialmente e temporariamente. Não dá para ser uma muleta para o resto da vida.

Apneia do sono – aquela assustadora interrupção da respiração quando a pessoa está dormindo – é outro mal,bastante grave que pode ocorrer devido ao Bruximo. Uma coisa leva à outra. Para dizer a verdade, por vezes, não sabemos se o bruxismo vem antes ou a apneia.

De todo modo, sempre é tempo para mudar seus hábitos e ser mais saudável. Cuide da alimentação, mantenha o peso adequado, faça uma atividade física, cultive bons pensamentos e espiritualidade, bem como procure um profissional de confiança.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *