implante dentário

Quando um implante dentário é necessário?

Diversos fatores podem fazer com que alguém necessite de implantes dentários. De acordo com um estudo americano realizado pelo National Health and Nutrition Survey, 25% das pessoas com 60 anos ou mais já perderam todos os dentes.

As causas são diversas – desde problemas bucais, como doenças na gengiva, cáries e falta de cuidados com a limpeza podem fazer com que uma pessoa venha a perder seus dentes e precisar de um implante.

Mas quando é a hora certa de fazer um implante dentário? Continue lendo este artigo, você vai saber um pouco mais sobre esse tratamento e descobrir quando é necessário um implante dentário.

O que é preciso para fazer um implante dental?

De um modo geral, o paciente que perdeu seus dentes já tem os requisitos para fazer o tratamento. No entanto, é preciso que o especialista faça uma avaliação completa, pois há algumas condições em que o implante não é indicado – como diabetes, câncer, tabagismo, alcoolismo e algumas doenças periodontais.

Durante a avaliação, são analisados o histórico de saúde e todo o sistema da boca e mandíbula – com estudos da mordida e radiografias específicas, como varreduras 3D ou tomografias computadorizadas.

Com isso, será possível entender a situação dos ossos da mandíbula e se eles estão em condições para segurar os enxertos e colocação dos pinos de titânio. O enxerto é feito com uma parte de osso de outra área do corpo do paciente ou material sintético.

Quem pode fazer este procedimento?

O implante dental pode ser feito por pessoas a partir dos 17 anos de idade – fase em que toda a estrutura dentária já está formada por completo, e que sejam avaliados e aprovados por um cirurgião dentista.

É importante ressaltar que o procedimento não é apenas para pessoas na terceira idade. Acidentes e outros problemas  de saúde podem fazer com que pessoas mais jovens possam vir a precisar do implante, que auxilia não apenas na autoestima e estética, mas evita problemas estruturais e ósseos a longo prazo.

A cirurgia pode ser realizada para a substituição de um único dente, realizada logo após a extração ou depois de um tempo de recuperação da área. Nesses casos, é feito um pilar, a ser ligado ao implante e unindo à coroa.

Já a substituição de dentes múltiplos, o procedimento é bem parecido e mais extenso. O anexo dos implantes podem ser feito tanto com uma coroa ou pontes para coincidir com dentes existentes. Com isso, será possível preservar os dentes existentes e dar um resultado ainda melhor.

O avanço da tecnologia trouxe mais qualidade aos implantes, que estão cada vez melhores e se assemelham 100% aos dentes naturais – o que torna o tratamento imperceptível.

Com o implante dentário, o paciente será capaz de comer, falar e sorrir naturalmente, sem se preocupar. Na Vasconcelos Odontologia, você encontra este e outros tratamentos dentários para oferecer mais saúde e beleza ao seu sorriso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *